12/01/2009

Conto de Fadas

Florestas no pensamento
Vagalumes a bailar
Árvores e vento em comunhão
A mente a vagar

Lua cheia mostra encanto
A fada chega de surpresa
Cabelos vermelhos ao vento
Pronta para amar

Ela chega de mansinho
Voz a sussurrar
Elementos da natureza
Beijos ao luar

(Marquês de Sórdido)


4 comentários:

  1. Qual é a fragrância da fada?

    Lindo poema!

    Carol Sakurá

    ResponderExcluir
  2. Será que ela é realmente um conto de fada, uma tentação que se fez versos...

    Fique com Deus, menino Marquês Sórdido.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  3. Maldito e profano... Adoramos este espaço!!!
    Por aqui mais vezes vamos passar...
    Bjos
    casalvoyeurfloripa@hotmail.com

    ResponderExcluir